5 fatos sobre a Cancerologia

A Cancerologia, também conhecida como Oncologia no Brasil, é uma especialidade médica que apresenta algumas caraterísticas particulares importantes para aqueles profissionais que desejam se especializar nesta área. Confira algumas curiosidades sobre a carreira do médico Cancerologista que o FGMED trouxe para você:

 1. Cancerologia

A Cancerologia é a ciência médica que estuda o câncer e os tumores que podem ser desenvolvidos no organismo. Desta forma, um dos principais objetivos dos profissionais desta área é entender e encontrar formas de tratamento contra esta doença.

2. O Cancerologista trabalha com uma Equipe multidisciplinar

O médico oncologista é responsável por tratar pacientes que apresentam tumores, solicitando exames, prescrevendo tratamentos (quimioterapia, cirurgia, radioterapia, imunoterapia, etc.), enfim, tudo o que é necessário para combater a doença.

Para que isso seja possível, este profissional trabalha junto a uma equipe multidisciplinar, como enfermeiros, radiologistas, cirurgiões, psiquiatras, nutricionistas, entre outros profissionais especialmente voltados à oncologia.

3. O Mercado de Trabalho em Cancerologia é amplo

O campo de trabalho para esse profissional é muito amplo, o que permite que o médico oncologista se especialize em áreas como: a oncologia pediátrica, onde o profissional trata de câncer em crianças; oncologia clínica onde o profissional trata do câncer de maneira clínica; e a oncologia cirúrgica onde o especialista realiza cirurgias para retirar o câncer dos pacientes.

4. O médico Cancerologista deve ter Empatia

O especialista em Cancerologia além de tratar o paciente, acaba tendo um contato com a sua família, o que implica em ter que lidar com a intensidade, seja acerca das emoções agradáveis ou dos sofrimentos. Por isso, é fundamental que o profissional saiba acolher e motivar o paciente e sua família e saiba reconhecer que o medo, a preocupação e a tristeza muitas vezes farão parte da sua rotina.

5. É importante praticar o Autocuidado

Diante da necessidade de ter um perfil empático, o autocuidado é fundamental para a manutenção da saúde emocional dos profissionais que lidam com pacientes com câncer. Uma vez que o médico só consegue fazer bem seu trabalho se estiver com seu emocional equilibrado, o autocuidado funciona como uma proteção saudável do próprio psiquismo.

Oncologia sem autocuidado é arriscada, há evidência na literatura da síndrome de burnout e da fadiga por compaixão associadas ao trabalho dos profissionais nesta área.

Especialize-se na área

Conheça a pós-graduação em Cancerologia do FGMED. As especializações FGMED são reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC). A formação de especialista será concedida após aprovação na prova de título. Além disso, é necessário que o médico preencha todos os pré-requisitos exigidos pela sociedade brasileira da especialidade em questão.

Informe-se sobre todas as condições diretamente com um consultor.

Preencha o formulário abaixo ou entre em contato pelo 0800 111 111 ou (11) 97159-0071 (WhatsApp).