Cannabis para uso medicinal no Brasil é aprovada

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

A regulamentação de produtos à base de maconha no Brasil foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Com a decisão, produtos feitos com cannabis para uso medicinal podem ser vendidos em farmácias, mediante prescrição médica, e ficam sujeitos à fiscalização da agência.

Pacientes com recomendação e receita médica para o uso de produtos com THC e/ou CBD, substâncias presentes na planta, poderão comprar os medicamentos direto nas farmácias.

Quando entra em vigor?

A norma deve entrar em vigor 90 dias depois de ser publicada. Aprovada por unanimidade pelos diretores da Anvisa, a regulamentação é temporária, com validade de três anos. Nesse período, a eficácia e a segurança serão testadas e uma nova resolução deverá ser editada ao final do ciclo.

A embalagem dos produtos deve informar a concentração dos principais canabinoides presentes na formulação, dentre eles o CBD e o THC, mas somente a concentração de THC é levada em conta para a classificação dos rótulos.

Conheça as Pós-graduações FGMED

As pós-graduações do FGMED são certificadas pelo Ministério da Educação. A formação de especialista será concedida após aprovação na prova de título. Além disso, é necessário que o médico preencha todos os pré-requisitos exigidos pela sociedade brasileira da especialidade em questão.

Informe-se sobre todas as condições diretamente com um consultor. Preencha o formulário abaixo ou entre em contato pelo 0800 111 111.

Leia mais notícias e artigos

Está pronto para um upgrade
na sua carreira?

    Quero mais

    INFORMAÇÕES


    Preencha o formulário
    e em breve entraremos em contato.

    Pronto!
    Agora é só aguardar o nosso contato.

    Usamos cookies em nosso site para fornecer a experiência mais relevante, lembrando suas preferências em visitas repetidas.
    Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com o uso de TODOS os cookies. Para mais informações consulte nossa Política de Privacidade.