Possível caso de Parkinson é relacionado à Covid-19, segundo hospital de Israel

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Um estudo de caso, publicado na edição de outubro do The Lancet Neurology, revelou que médicos do Hospital Universitário Samson Assuta Ashdod, em Israel, relataram sobre um paciente de 45 anos que apresentou sintomas relacionados à doença de Parkinson após se curar da Covid-19.

O paciente foi internado em março, ficando internado por três dias. Semanas mais tarde, quando já estava curado do vírus, ele passou a relatar tremores e dificuldades para escrever e falar. Após dois meses, foi internado novamente, agora no Departamento de Neurologia do hospital.

Segundo os cientistas que acompanharam o caso, o homem realizou diversos testes que mostraram que sua função cognitiva estava normal. Apesar disso, ele continuou exibindo tremores e sintomas relacionados ao Parkinson. O paciente foi diagnosticado com parkinsonismo. Desde então, o quadro se agravou e o paciente agora tem caligrafia ilegível, tremores extremos no lado direito do corpo e expressão facial reduzida.

Ainda não foi possível confirmar se o desenvolvimento da doença de Parkinson tem ligação direta com o diagnóstico anterior de Covid-19. Porém, os cientistas assinalam que o paciente não possuía histórico familiar do distúrbio ou “qualquer outro fator de risco evidente“. O caso não é uma pesquisa científica, mas sim da observação de um único paciente.

Conheça as Pós-graduações FGMED

As pós-graduações do FGMED são certificadas pelo Ministério da Educação (MEC). A formação de especialista será concedida após aprovação na prova de título. Além disso, é necessário que o médico preencha todos os pré-requisitos exigidos pela sociedade brasileira da especialidade em questão.

Informe-se sobre todas as condições diretamente com um consultor. Preencha o formulário abaixo ou entre em contato pelo 0800 11 1111.

Leia mais notícias e artigos

Está pronto para um upgrade
na sua carreira?

    Quero mais

    INFORMAÇÕES


    Preencha o formulário
    e em breve entraremos em contato.

    Pronto!
    Agora é só aguardar o nosso contato.

    Usamos cookies em nosso site para fornecer a experiência mais relevante, lembrando suas preferências em visitas repetidas.
    Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com o uso de TODOS os cookies. Para mais informações consulte nossa Política de Privacidade.