Artigo científico diz que células T no pulmão protegem crianças e jovens da Covid-19

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Um artigo publicado em julho, no Journal of Physiology-Lung Cellular and Molecular Physiology, por Médicos da Universidade do Texas e do Baylor College of Medicine, revelou que as diferenças na fisiologia pulmonar e na função imunológica das crianças podem ser o motivo pelo qual quadros graves de Covid-19 são menos frequentes entre crianças e adolescentes.

Segundo a pesquisa realizada pelos cientistas, aproximadamente 1,7% dos primeiros 150 mil casos do novo coronavírus nos EUA eram bebês, crianças e adolescentes. “Essas taxas profundamente reduzidas de infecção sintomática, hospitalização e morte estão muito além da [representação] estatística, requerem mais exames e podem ser a chave para identificar agentes terapêuticos [para a Covid-19]“, descrevem os autores do estudo.

Os pesquisadores concluíram que o tecido pulmonar das crianças tem espontaneamente uma grande concentração de células T reguladoras, o que resulta em níveis mais altos de interleucina 10 (IL-10), que é um inibidor da síntese de citocinas humanas. “A IL-10 inibe a inflamação de outros componentes, como a IL-6, que são prejudiciais. Os adultos tendem a experimentar um estado hiperinflamatório, enquanto as crianças não“, afirmou Karmouty-Quintana, coautor do artigo.

Conheça as Pós-graduações FGMED

As pós-graduações do FGMED são certificadas pelo Ministério da Educação (MEC). A formação de especialista será concedida após aprovação na prova de título. Além disso, é necessário que o médico preencha todos os pré-requisitos exigidos pela sociedade brasileira da especialidade em questão.

Informe-se sobre todas as condições diretamente com um consultor. Preencha o formulário abaixo ou entre em contato pelo 0800 11 1111.

Leia mais notícias e artigos

Está pronto para um upgrade
na sua carreira?

    Quero mais

    INFORMAÇÕES


    Preencha o formulário
    e em breve entraremos em contato.

    Pronto!
    Agora é só aguardar o nosso contato.

    Usamos cookies em nosso site para fornecer a experiência mais relevante, lembrando suas preferências em visitas repetidas.
    Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com o uso de TODOS os cookies. Para mais informações consulte nossa Política de Privacidade.