’Desafio humano’ vem ganhando força na comunidade científica

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

A controversa ideia de contaminar propositalmente pessoas com o novo coronavírus para acelerar os testes de uma possível vacina vem ganhando força na comunidade científica internacional e entre voluntários brasileiros. A organização americana 1DaySooner conta com o apoio de mais de 150 cientistas, incluindo 15 ganhadores do Prêmio Nobel.

Segundo a entidade, mais de 32 mil pessoas, de 140 países, já se inscreveram para esse tipo de teste. No estudo de desafio humano, como é chamado esse teste, voluntários recebem a vacina em teste ou placebo para, depois, serem infectados com o vírus, para que os cientistas observem mais rapidamente e eficácia do imunizante.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) também considera realizar estudos de desafio para tentar achar uma cura para a Covid-19. Segundo a organização esse tipo de pesquisa é importante, porém há de se considerar os riscos e limitações.

Conheça as Pós-graduações FGMED

As pós-graduações do FGMED são certificadas pelo Ministério da Educação (MEC). A formação de especialista será concedida após aprovação na prova de título. Além disso, é necessário que o médico preencha todos os pré-requisitos exigidos pela sociedade brasileira da especialidade em questão.

Informe-se sobre todas as condições diretamente com um consultor. Preencha o formulário abaixo ou entre em contato pelo 0800 11 1111.

Leia mais notícias e artigos

Está pronto para um upgrade
na sua carreira?

    Quero mais

    INFORMAÇÕES


    Preencha o formulário
    e em breve entraremos em contato.

    Pronto!
    Agora é só aguardar o nosso contato.

    Usamos cookies em nosso site para fornecer a experiência mais relevante, lembrando suas preferências em visitas repetidas.
    Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com o uso de TODOS os cookies. Para mais informações consulte nossa Política de Privacidade.