Dia Nacional de Combate ao Câncer – 27/10

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Celebrado desde 1988 no dia 27 de novembro, o Dia Nacional de Combate ao Câncer foi idealizado pelo Ministério da Saúde a fim de conscientizar a sociedade a respeito da importância do diagnóstico precoce e da adoção de medidas de prevenção contra o câncer, alertando a população brasileira sobre os diferentes tipos de tratamentos desta doença.

Tipos de Câncer

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), os tipos de câncer que mais afetam os brasileiros são:

– Câncer de pele;
– Câncer de próstata;
– Câncer de mama;
– Câncer de cólon e reto;
– Câncer de pulmão;
– Câncer de estômago.

Entre o biênio de 2018/2019 foram registrados mais de 600 mil novos casos de câncer. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), até 2030 os números que poderão chegar a 27 milhões de casos incidentes, 17 milhões de mortes por câncer e 75 milhões de pessoas vivas, anualmente, com câncer.

Prevenção

Segundo o INCA, além da realização de exames preventivos com frequência necessária, algumas recomendações são de suma importância para reduzir as chances de ter a doença:

– Não fumar (regra mais importante para prevenir o câncer de pulmão, cavidade oral, laringe, faringe e esôfago);
– Garantir uma alimentação saudável (ingerir frutas, legumes, verduras, cereais integrais, feijões, etc);
– Manter-se no peso ideal (uma das formas mais importantes de proteção contra o câncer, pois uma rotina regulada de atividades física e boa alimentação favorecem na manutenção do peso saudável);
– Evitar a exposição ao sol (entre às 10h e 16h é recomendável usar protetor solar no corpo e nos lábios, chapéu, barraca, etc);
– Amamentação (amamentar até os dois anos ou mais, sendo exclusiva até os seis meses de vida da criança, protege as mães contra o câncer de mama e as crianças contra a obesidade infantil).

Segundo dados da Sociedade Brasileira de Patologia (SBP) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Oncológica (SBCO), cerca de 80 mil casos de câncer no Brasil ficaram sem diagnóstico nos dois primeiros meses de pandemia. Considerada a segunda que mais mata no Brasil e no mundo, o câncer perde apenas para as doenças cardiovasculares.

Portanto, quem está em tratamento não deve interrompê-lo, e quem busca um diagnóstico de câncer também não deve deixá-lo para depois. Quanto mais cedo a enfermidade for descoberta, maior a chance de cura.

Conheça as Pós-graduações FGMED

As pós-graduações do FGMED são reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC). A formação de especialista será concedida após aprovação na prova de título. Além disso, é necessário que o médico preencha todos os pré-requisitos exigidos pela sociedade brasileira da especialidade em questão.
Informe-se sobre todas as condições diretamente com um consultor. Preencha o formulário abaixo ou entre em contato pelo 0800 11 1111.

Black Friday FGMED – até 80% de desconto em TODAS especialidades.

Leia mais notícias e artigos

Está pronto para um upgrade
na sua carreira?

    Quero mais

    INFORMAÇÕES


    Preencha o formulário
    e em breve entraremos em contato.

    Pronto!
    Agora é só aguardar o nosso contato.

    Usamos cookies em nosso site para fornecer a experiência mais relevante, lembrando suas preferências em visitas repetidas.
    Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com o uso de TODOS os cookies. Para mais informações consulte nossa Política de Privacidade.