Estudo alerta que imunidade ao coronavírus pode durar apenas 6 meses

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Um estudo da Universidade de Amsterdã, na Holanda, revelou que a imunidade do organismo humano a Covid-19 pode durar apenas seis meses, caso o vírus tenha comportamento parecido com o vírus da gripe: “Se o Sars-CoV-2 se comportar como um coronavírus sazonal no futuro, um padrão semelhante pode ser esperado”. Os participantes têm idades entre 27 e 40 anos e foram testados em intervalos de três a seis meses.

De acordo com pesquisadores, os resultados concluíram uma “duração alarmantemente curta da imunidade contra os coronavírus”. O estudo também mostra uma reinfecção recorrente após 12 meses, além de uma redução importante nos níveis de anticorpos seis meses depois da primeira infecção.

Os cientistas ainda alertam que “Como a imunidade protetora pode ser perdida seis meses após a infecção, a perspectiva de atingir a imunidade funcional do rebanho por infecção natural parece muito improvável”. O estudo ainda está em fase inicial e novos testes serão feitos para comprovar os fatos apresentados sobre a reinfecção e a imunidade ao novo coronavírus.

Conheça as Pós-graduações FGMED

As pós-graduações do FGMED são certificadas pelo Ministério da Educação (MEC). A formação de especialista será concedida após aprovação na prova de título. Além disso, é necessário que o médico preencha todos os pré-requisitos exigidos pela sociedade brasileira da especialidade em questão.

Informe-se sobre todas as condições diretamente com um consultor. Preencha o formulário abaixo ou entre em contato pelo 0800 11 1111.

Leia mais notícias e artigos

Está pronto para um upgrade
na sua carreira?

    Quero mais

    INFORMAÇÕES


    Preencha o formulário
    e em breve entraremos em contato.

    Pronto!
    Agora é só aguardar o nosso contato.

    Usamos cookies em nosso site para fornecer a experiência mais relevante, lembrando suas preferências em visitas repetidas.
    Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com o uso de TODOS os cookies. Para mais informações consulte nossa Política de Privacidade.