Estudo chinês revela que Covid-19 permanece por mais tempo em pessoas não saudáveis

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Um novo estudo chinês acaba de trazer mais uma novidade sobre o coronavírus. Segundo a pesquisa ele permanece por até três semanas em pacientes com doenças graves, conforme relataram os cientistas chineses nesta semana. O vírus pode ser encontrado fortemente nos pulmões e nas fezes dos pacientes, e quanto mais enfermos eles ficam, mais tempo o vírus permanece, como informa a equipe de um hospital localizado na província chinesa de Zhejiang.

Diferentemente dos outros estudos recentemente lançados sobre o novo coronavírus, este passou por uma revisão por pares, isso quer dizer, que outros especialistas revisaram as descobertas. A equipe testou 96 pacientes tratados em seu hospital para Covid-19, entre os meses de janeiro a março.

Esta descoberta pode ser muito importante para os médicos saberem e preverem quais pacientes se sairão melhor e, talvez, quanto tempo eles permanecerão com potencial para infectar outras pessoas. “A duração média do vírus nas amostras respiratórias foi de 18 dias“, concluíram os cientistas. Isso dá uma margem de quatro dias a mais do que o previsto atualmente, que são 14 dias de isolamento.

Conheça as Pós-graduações FGMED

As pós-graduações do FGMED são certificadas pelo Ministério da Educação (MEC). A formação de especialista será concedida após aprovação na prova de título. Além disso, é necessário que o médico preencha todos os pré-requisitos exigidos pela sociedade brasileira da especialidade em questão.

Informe-se sobre todas as condições diretamente com um consultor. Preencha o formulário abaixo ou entre em contato pelo 0800 11 1111.

Leia mais notícias e artigos

Está pronto para um upgrade
na sua carreira?

    Quero mais

    INFORMAÇÕES


    Preencha o formulário
    e em breve entraremos em contato.

    Pronto!
    Agora é só aguardar o nosso contato.

    Usamos cookies em nosso site para fornecer a experiência mais relevante, lembrando suas preferências em visitas repetidas.
    Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com o uso de TODOS os cookies. Para mais informações consulte nossa Política de Privacidade.