Estudo com soro de cavalos pode ganhar continuidade e aprovação da Anvisa

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Nos próximos dias será encaminhado à Anvisa um pedido para dar continuidade ao projeto que desenvolve um soro de cavalos para o tratamento da Covid-19. A informação foi confirmada pelo coordenador do projeto, Jerson Lima Silva, do Instituto de Bioquímica Médica da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Durante essa semana os pesquisadores vão pedir à Anvisa uma reunião oficial sobre o projeto, que envolve também o Instituto Vital Brazil (IVB), o Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia (Coppe/UFRJ) e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Segundo a agência, não é possível fazer qualquer confirmação sobre a aprovação antes que haja uma solicitação formal sobre o produto em questão.

Relembre a pesquisa

Um estudo iniciado em maio deste ano por pesquisadores brasileiros de várias instituições científicas comprovou que soros produzidos por cavalos para o tratamento da covid-19 têm, em alguns casos, até 100 vezes mais potência em termos de anticorpos neutralizantes do vírus causador da doença.

Conheça as Pós-graduações FGMED

As pós-graduações do FGMED são certificadas pelo Ministério da Educação (MEC). A formação de especialista será concedida após aprovação na prova de título. Além disso, é necessário que o médico preencha todos os pré-requisitos exigidos pela sociedade brasileira da especialidade em questão.

Informe-se sobre todas as condições diretamente com um consultor. Preencha o formulário abaixo ou entre em contato pelo 0800 11 1111.

Leia mais notícias e artigos

Está pronto para um upgrade
na sua carreira?

    Quero mais

    INFORMAÇÕES


    Preencha o formulário
    e em breve entraremos em contato.

    Pronto!
    Agora é só aguardar o nosso contato.

    Usamos cookies em nosso site para fornecer a experiência mais relevante, lembrando suas preferências em visitas repetidas.
    Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com o uso de TODOS os cookies. Para mais informações consulte nossa Política de Privacidade.