Gordura na língua pode agravar apneia do sono, indica pesquisa

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Pesquisadores da Universidade da Pensilvânia realizaram estudos do sono e exames de ressonância magnética para medir como a perda de peso afeta as vias aéreas superiores dos pacientes.

O estudo contou com a participação de 67 pessoas obesas com apneia obstrutiva do sono. Elas foram submetidas aos exames antes e depois de uma intervenção para perder 10% do peso corporal. O resultado mostrou que os sintomas da apneia do sono melhoraram 30% após a perda de peso. Ao analisar o tamanho das estruturas das vias aéreas superiores dos pacientes, a equipe foi capaz de descobrir as mudanças que haviam levado à diminuição dos sintomas.

Além de diminuir a gordura da língua, a perda de peso dos pacientes também levou a uma redução no tamanho de um músculo da mandíbula que controla a mastigação e dos músculos de ambos os lados das vias respiratórias, o que também colaborou para o resultado.

Conheça as Pós-graduações FGMED

As pós-graduações do FGMED são certificadas pelo Ministério da Educação. A formação de especialista será concedida após aprovação na prova de título. Além disso, é necessário que o médico preencha todos os pré-requisitos exigidos pela sociedade brasileira da especialidade em questão.

Informe-se sobre todas as condições diretamente com um consulto. Preencha o formulário abaixo ou entre em contato pelo 0800 111 111.

Leia mais notícias e artigos

Está pronto para um upgrade
na sua carreira?

    Quero mais

    INFORMAÇÕES


    Preencha o formulário
    e em breve entraremos em contato.

    Pronto!
    Agora é só aguardar o nosso contato.

    Usamos cookies em nosso site para fornecer a experiência mais relevante, lembrando suas preferências em visitas repetidas.
    Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com o uso de TODOS os cookies. Para mais informações consulte nossa Política de Privacidade.