Maior estudo sobre SARS-CoV-2 diz que há pelos menos 6 mutações do vírus

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

O maior estudo já realizado sobre a sequência genética SARS-CoV-2 mostra que existem em circulação pelo menos seis subtipos, chamados de cepas, deste novo coronavírus. A constatação é de que as mutações do vírus desde o primeiro registro em humanos — no fim de 2019, em Wuhan, na China — são oportunas para o desenvolvimento de vacinas e medicamentos que combatam a doença.

A pesquisa, realizada por cientistas da Universidade de Bolonha, na Itália, foi publicada recentemente no periódico Frontiers in Microbiology. Os cientistas italianos observam que, além das principais seis cepas do SARS-CoV-2, algumas mutações menos frequentes foram identificadas, mas que não são preocupantes, porém devam ser monitoradas.

Mutações genômicas raras são menos de 1% de todos os genomas sequenciados. No entanto, é fundamental estudá-los e analisá-los para que possamos identificar suas funções e monitorar sua disseminação. Todos os países devem contribuir para a causa, dando acesso a dados sobre as sequências do genoma do vírus“, explica Federico Giorgi, o coordenador do estudo.

Conheça as Pós-graduações FGMED

As pós-graduações do FGMED são certificadas pelo Ministério da Educação (MEC). A formação de especialista será concedida após aprovação na prova de título. Além disso, é necessário que o médico preencha todos os pré-requisitos exigidos pela sociedade brasileira da especialidade em questão.

Informe-se sobre todas as condições diretamente com um consultor. Preencha o formulário abaixo ou entre em contato pelo 0800 11 1111.

Leia mais notícias e artigos

Está pronto para um upgrade
na sua carreira?

    Quero mais

    INFORMAÇÕES


    Preencha o formulário
    e em breve entraremos em contato.

    Pronto!
    Agora é só aguardar o nosso contato.

    Usamos cookies em nosso site para fornecer a experiência mais relevante, lembrando suas preferências em visitas repetidas.
    Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com o uso de TODOS os cookies. Para mais informações consulte nossa Política de Privacidade.