Mudanças do sistema imunológico podem prever casos graves de Covid-19, diz estudo

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Uma pesquisa, publicada nesta semana na Revista Nature, comprovou que as variações de respostas do sistema imunológico de pacientes com Covid-19 podem ajudar a prever quem sofrerá de casos mais graves da doença.  O estudo foi realizado pela Universidade de Yale, nos Estados Unidos, onde foram analisados 113 pacientes e a evolução de seus quadros.

Nesse momento, em torno do dia 9, a análise de sangue de determinados marcadores [imunológicos] seria suficiente para conseguir prever se o paciente vai desenvolver um quadro clínico mais severo ou se vai começar a melhorar“, explica o estudo.

Segundo os pesquisadores, o desenvolvimento de um caso mais grave da covid-19 não está só relacionado à carga viral, ou seja, quantidade de vírus presente no paciente, mas sim a uma disfunção da resposta imune.

Através dessa pesquisa os médicos poderiam prescrever para o tratamento remédios que ajudassem administrar a resposta do sistema imunológico em que a reação é desequilibrada. Isso faria diferença na evolução do quadro do paciente, aumentando assim as chances de cura.

Conheça as Pós-graduações FGMED

As pós-graduações do FGMED são certificadas pelo Ministério da Educação (MEC). A formação de especialista será concedida após aprovação na prova de título. Além disso, é necessário que o médico preencha todos os pré-requisitos exigidos pela sociedade brasileira da especialidade em questão.

Informe-se sobre todas as condições diretamente com um consultor. Preencha o formulário abaixo ou entre em contato pelo 0800 11 1111.

Leia mais notícias e artigos

Está pronto para um upgrade
na sua carreira?

    Quero mais

    INFORMAÇÕES


    Preencha o formulário
    e em breve entraremos em contato.

    Pronto!
    Agora é só aguardar o nosso contato.

    Usamos cookies em nosso site para fornecer a experiência mais relevante, lembrando suas preferências em visitas repetidas.
    Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com o uso de TODOS os cookies. Para mais informações consulte nossa Política de Privacidade.