Pandemia faz com que 245 mil usuários cancelem seus planos de saúde

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

O Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS) informou ontem (31) que 254,545 mil beneficiários cancelaram os planos de saúde médico-hospitalares entre abril e julho deste ano. A redução equivalente a 0,5% é atribuída a pandemia do novo coronavírus. O segmento tem agora 46.758.762 beneficiários, segundo a ANS.

De julho de 2019 a julho deste ano, entretanto, a diferença entre adesões e cancelamentos apresentou saldo positivo de 35.558 beneficiários. No início da pandemia, em março, ocorreram mais adesões do que cancelamentos de planos médico-hospitalares. Já a partir de abril, o setor passou a registrar baixas sucessivas de beneficiários, devido à queda de capital da população.

O IESS informou que a maior queda em beneficiários de planos médico-hospitalares entre julho de 2019 e julho de 2020 ocorreu no estado de São Paulo (50,289 mil), enquanto Goiás teve um aumento de 30,334 mil beneficiários.

Conheça as Pós-graduações FGMED

As pós-graduações do FGMED são certificadas pelo Ministério da Educação (MEC). A formação de especialista será concedida após aprovação na prova de título. Além disso, é necessário que o médico preencha todos os pré-requisitos exigidos pela sociedade brasileira da especialidade em questão.

Informe-se sobre todas as condições diretamente com um consultor. Preencha o formulário abaixo ou entre em contato pelo 0800 11 1111.

Leia mais notícias e artigos

Está pronto para um upgrade
na sua carreira?

    Quero mais

    INFORMAÇÕES


    Preencha o formulário
    e em breve entraremos em contato.

    Pronto!
    Agora é só aguardar o nosso contato.

    Usamos cookies em nosso site para fornecer a experiência mais relevante, lembrando suas preferências em visitas repetidas.
    Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com o uso de TODOS os cookies. Para mais informações consulte nossa Política de Privacidade.