Pesquisa da USP identifica grupo de genes ligados ao autismo

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Um estudo do Instituto de Biociências da USP (Universidade de São Paulo) encontrou um grupo de genes que tem a mesma expressão, apesar das mutações de cada indivíduo com autismo. Isso demonstra que, mesmo variando o DNA das pessoas dentro do espectro autista, o comportamento dos genes é parecido. Os resultados da pesquisa foram publicados recentemente no periódico Molecular Psychiatry, do grupo Nature.

A tese sugere um problema no neurodesenvolvimento do embrião, o que modificaria o funcionamento dos neurônios. Essa descoberta é importante, pois pode ser útil no diagnóstico de pessoas autistas. O diagnóstico, atualmente, é feito baseado na análise clínica dos sintomas.

Ainda não se sabe bem a real causa do autismo. Durante anos o transtorno foi associado a fatores comportamentais e ambientais, porém a ciência vem encontrando cada vez mais provas genéticas que explicariam melhor o quadro. Cerca de 100 genes são comprovadamente ligados ao transtorno e muitos ainda estão sendo pesquisados.

Conheça as Pós-graduações FGMED

As pós-graduações do FGMED são certificadas pelo Ministério da Educação (MEC). A formação de especialista será concedida após aprovação na prova de título. Além disso, é necessário que o médico preencha todos os pré-requisitos exigidos pela sociedade brasileira da especialidade em questão.

Informe-se sobre todas as condições diretamente com um consultor. Preencha o formulário abaixo ou entre em contato pelo 0800 11 1111.

Leia mais notícias e artigos

Está pronto para um upgrade
na sua carreira?

    Quero mais

    INFORMAÇÕES


    Preencha o formulário
    e em breve entraremos em contato.

    Pronto!
    Agora é só aguardar o nosso contato.

    Usamos cookies em nosso site para fornecer a experiência mais relevante, lembrando suas preferências em visitas repetidas.
    Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com o uso de TODOS os cookies. Para mais informações consulte nossa Política de Privacidade.