Pesquisas estudam células T para combater a Covid-19

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Estudos recentes sobre a Covid-19 indicam que a doença tem uma diferença em relação a outras já conhecidas. A descoberta é que a Sars-CoV-2 pode “enganar” o organismo, com isso poucos anticorpos são ativados ou até mesmo nenhum. Em uma gripe comum, o corpo necessariamente passa a produzir esses anticorpos, que ajudam no combate à infecção.

Uma pesquisa do Instituto Karolinksa, na Suécia, indica que pessoas que apresentam resultados negativos em testes de anticorpos contra o coronavírus talvez tenham imunidade contra o vírus, e isso seria graça as células T. Pacientes com alta concentração dessas células são mais resistentes ao novo coronavírus. Isso se deve devido ao fenômeno chamado de imunidade cruzada.

As células T criam uma memória de outros corpos estranhos que entraram em contato com o nosso corpo passado, com isso acabam sabendo como combatê-los no futuro. Por conta disso, os cientistas estão investindo cada vez mais em pesquisas sobre as células T e estudando como elas poderiam auxiliar em uma futura cura contra a Covid-19.

Conheça as Pós-graduações FGMED

As pós-graduações do FGMED são certificadas pelo Ministério da Educação (MEC). A formação de especialista será concedida após aprovação na prova de título. Além disso, é necessário que o médico preencha todos os pré-requisitos exigidos pela sociedade brasileira da especialidade em questão.

Informe-se sobre todas as condições diretamente com um consultor. Preencha o formulário abaixo ou entre em contato pelo 0800 11 1111.

Leia mais notícias e artigos

Está pronto para um upgrade
na sua carreira?

    Quero mais

    INFORMAÇÕES


    Preencha o formulário
    e em breve entraremos em contato.

    Pronto!
    Agora é só aguardar o nosso contato.

    Usamos cookies em nosso site para fornecer a experiência mais relevante, lembrando suas preferências em visitas repetidas.
    Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com o uso de TODOS os cookies. Para mais informações consulte nossa Política de Privacidade.