Recém-nascido infectado por coronavírus indica possível transmissão no útero

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Médicos da cidade chinesa de Wuhan anunciaram que uma mulher infectada com o novo coronavírus deu à luz um bebê que também contraiu a doença. Esse caso indica a possibilidade de que o vírus possa ser contraído no útero.

A emissora estatal CCTV informou que dois bebês estão infectados com o novo coronavírus, sendo o mais jovem nascido há menos de uma semana. Citando fontes de um hospital pediátrico da cidade, a CCTV afirmou que os sinais vitais da criança são estáveis.

Até agora, a doença matou mais de 450 pessoas e atingiu 26 países. Mais de 24 mil pessoas foram infectadas — 99% deles na China.

Conheça as Pós-graduações FGMED

As pós-graduações do FGMED são certificadas pelo Ministério da Educação. A formação de especialista será concedida após aprovação na prova de título. Além disso, é necessário que o médico preencha todos os pré-requisitos exigidos pela sociedade brasileira da especialidade em questão.

Informe-se sobre todas as condições diretamente com um consulto. Preencha o formulário abaixo ou entre em contato pelo 0800 111 111.

Leia mais notícias e artigos

Está pronto para um upgrade
na sua carreira?

    Quero mais

    INFORMAÇÕES


    Preencha o formulário
    e em breve entraremos em contato.

    Pronto!
    Agora é só aguardar o nosso contato.

    Usamos cookies em nosso site para fornecer a experiência mais relevante, lembrando suas preferências em visitas repetidas.
    Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com o uso de TODOS os cookies. Para mais informações consulte nossa Política de Privacidade.