Ventiladores pulmonares da NASA serão produzidos pela Russer e Senai

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Uma parceria entre o Senai e a empresa de medicamentos brasileira Russer vai possibilitar a produção de ventiladores pulmonares, a partir de um projeto desenvolvido pela Agência Espacial dos Estados Unidos (NASA). O equipamento é usado no tratamento de pacientes da covid-19, em quadros mais graves.

A homologação na Anvisa foi obtida na semana passada. A Russer deve produzir, inicialmente, 300 ventiladores pulmonares por mês. Ainda não há previsão de quando o produto estará no mercado.

Segundo o diretor geral do Senai, Rafael Lucchesi, o benefício do respirador é seu preço. Ele deverá custar cerca de R$ 20 mil, um ventilador pulmonar normalmente custa 60 mil. A produção nacional será outra vantagem do equipamento. “É uma vantagem robusta e vai ter uma cadeia nacionalizada de componentes e isso é importante para a produção”, concluiu Lucchesi.

Conheça as Pós-graduações FGMED

As pós-graduações do FGMED são certificadas pelo Ministério da Educação (MEC). A formação de especialista será concedida após aprovação na prova de título. Além disso, é necessário que o médico preencha todos os pré-requisitos exigidos pela sociedade brasileira da especialidade em questão.

Informe-se sobre todas as condições diretamente com um consultor. Preencha o formulário abaixo ou entre em contato pelo 0800 11 1111.

Leia mais notícias e artigos

Está pronto para um upgrade
na sua carreira?

    Quero mais

    INFORMAÇÕES


    Preencha o formulário
    e em breve entraremos em contato.

    Pronto!
    Agora é só aguardar o nosso contato.

    Usamos cookies em nosso site para fornecer a experiência mais relevante, lembrando suas preferências em visitas repetidas.
    Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com o uso de TODOS os cookies. Para mais informações consulte nossa Política de Privacidade.