Ginecologia e Obstetrícia: por que começar essa especialização agora mesmo

Ginecologia e Obstetrícia: por que começar essa especialização agora mesmo

Ginecologia e Obstetrícia está entre as especializações médicas mais procuradas pelos recém-graduados em Medicina. A alta demanda pela formação não é à toa. O ginecologista e obstetra é o responsável por cuidar da saúde da mulher desde a infância até a fase adulta, o que faz com que o seu atendimento seja necessário continuamente.

A relevância desse profissional também é percebida pelas pacientes. Para 68% das brasileiras entrevistadas na pesquisa “Expectativa da Mulher Brasileira Sobre Sua Vida Sexual e Reprodutiva”, a ginecologia é considerada a especialidade médica mais importante para a saúde da mulher.

Quer saber mais sobre Ginecologia e Obstetrícia e por que você deve investir nessa formação? Confira o conteúdo que o FGMED preparou.

Atuação em duas áreas

Ginecologia e Obstetrícia é a formação que possibilita aos médicos atuar em duas especialidades ao mesmo tempo. A primeira é ginecologia, responsável pelo diagnóstico e tratamento de doenças relacionadas ao sistema reprodutor feminino. A segunda é obstetrícia, que estuda a reprodução humana, acompanhando a paciente em todo o seu período gestacional, incluindo o parto e o puerpério. Ambas as especialidades se complementam e garantem um cuidado com a saúde da mulher mais completo.

Além disso, os ginecologistas e obstetras também acabam atuando como um clínico geral da mulher, diagnosticando e fazendo exames relativos a outros sistemas, e realizando o encaminhamento para outros especialistas quando necessário.

Vínculo com as pacientes

Conforme demonstra o estudo mencionado acima, divulgado pela Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo) e Datafolha em 2019, nove em cada dez mulheres costumam ir ao ginecologista no país. Além disso, o obstetra realiza o acompanhamento médico em todo o período gestacional. Esse cuidado contínuo com a saúde feminina em diferentes fases da vida fortalece o vínculo entre o especialista e as pacientes.

Oportunidade de trabalho em diferentes lugares

Os ginecologistas e obstetras têm um amplo mercado de trabalho. Podem realizar atendimentos tanto em setores públicos como privados, incluindo hospitais, maternidades, clínicas médicas e centros de saúde. Também podem atuar na pesquisa, docência e gestão de órgãos de saúde.

Mercado de trabalho a ser explorado

A Demografia Médica no Brasil 2020 demonstra que existem 33.309 médicos com registro em Ginecologia e Obstetrícia no país. No entanto, a distribuição desses especialistas é desigual entre as regiões brasileiras. O Sudeste concentra 50,9% dos ginecologistas e obstetras do Brasil, enquanto Centro-Oeste (9,8%) e Norte (4,5%) contam com o menor número de profissionais. Conhecer e mapear oportunidades nessas localidades pode ser uma ótima forma de inserir-se no mercado de trabalho.

Especialize-se na área

Conheça a pós-graduação em Ginecologia e Obstetrícia do FGMED. No curso, você irá aprofundar o conhecimento sobre a área, com fundamentos teóricos e práticos relacionados ao assunto. As especializações FGMED são reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC). A formação de especialista será concedida após aprovação na prova de título. Além disso, é necessário que o médico preencha todos os pré-requisitos exigidos pela sociedade brasileira da especialidade em questão.

Informe-se sobre todas as condições diretamente com um consultor. Preencha o formulário abaixo ou entre em contato pelo 0800 111 111 ou (11) 97159-0071 (WhatsApp).