Janeiro se pinta de roxo para prevenção e combate à hanseníase

Janeiro se pinta de roxo para prevenção e combate à hanseníase

29/01/2021

No Brasil, aproximadamente 30 mil casos de hanseníase surgem por ano, tornando-se o segundo país com o maior número de casos, perdendo apenas para a Índia, conforme a Agência Brasil. A transmissão da hanseníase acontece através de gotículas de saliva eliminadas na fala, tosse ou espirro de pessoas não tratadas e em fases mais adiantadas da doença.

Considerada uma doença crônica, a hanseníase é causada pela bactéria Mycobacterium leprae, que pode afetar qualquer pessoa. Alteração, diminuição ou perda da sensibilidade térmica, dolorosa, tátil e força muscular em mãos, pés, braços, pernas e olhos são características conhecidas da doença. Muitas delas promovem incapacidades permanentes no paciente.

Sintomas

  • Manchas em qualquer parte do corpo, com perda ou alteração de sensibilidade ao calor, dor ou tato (se queima ou machuca sem perceber);
  • Formigamentos, choques, agulhadas, câimbras ou dormência nos braços e pernas;
  • Diminuição da força muscular, dificuldade para pegar objetos, segurar chinelos nos pés;
  • Nervos engrossados e doloridos, feridas difíceis de curar, principalmente em pés e mãos;
  • Áreas da pele muito ressecadas, que não suam, com queda de pelos, (especialmente nas sobrancelhas), caroços pelo corpo;
  • Coceira ou irritação nos olhos;
  • Entupimento, sangramento ou ferida no nariz.

Tratamento

Os medicamentos prescritos pelos médicos e normalmente distribuídos gratuitamente nas unidades de saúde devem ser tomados de imediato, conforme for solicitado pelo profissional. Caso a doença não seja tratada, pode causar lesões severas e irreversíveis no paciente. O tratamento cura a doença, interrompe sua transmissão e previne incapacidades físicas. Quanto mais cedo for iniciado, melhor para quem está à frente do problema.

Conheça as Pós-graduações FGMED

As pós-graduações do FGMED são reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC). A formação de especialista será concedida após aprovação na prova de título. Além disso, é necessário que o médico preencha todos os pré-requisitos exigidos pela sociedade brasileira da especialidade em questão.

Informe-se sobre todas as condições diretamente com um consultor. Preencha o formulário abaixo ou entre em contato pelo 0800 111 111.