Pesquisadores criam tecido que elimina até 99,9% do coronavírus

Pesquisadores do Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) da Universidade de São Paulo (USP), da Universitat Jaume I, da Espanha, e do Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF) foram capazes de criar um tecido que inativa o novo coronavírus.

A pesquisa teve ainda o apoio da equipe da Nanox, empresa de nanotecnologia. O tecido, poderá ser usado na fabricação de peças de roupas hospitalares e deve chegar em breve ao mercado. Segundo os cientistas, ele é capaz de eliminar 99,9% do novo coronavírus, em cerca de dois minutos.

Os cientistas realizaram uma segunda rodada de testes moleculares para comprovar a efetividade do produto. Os pesquisadores também avaliam outros aspectos importantes para que o tecido possa ser liberado para comercialização, como assegurar que ele não desencadeia alergias ou outras reações adversas no organismo.

Conheça as Pós-graduações FGMED

As pós-graduações do FGMED são certificadas pelo Ministério da Educação (MEC). A formação de especialista será concedida após aprovação na prova de título. Além disso, é necessário que o médico preencha todos os pré-requisitos exigidos pela sociedade brasileira da especialidade em questão.

Informe-se sobre todas as condições diretamente com um consultor. Preencha o formulário abaixo ou entre em contato pelo 0800 11 1111.

Estude em casa com o FGMED

    Related Posts